Suculentas de Sombra, 6 espécies para ter em casa!

Suculentas de Sombra

Suculentas de Sombra, as 6 espécies mais fáceis de cuidar para decorar a casa e deixar seu ambiente mais aconchegante.

Continua após a publicidade..

Vamos conhecer um pouco de cada uma e, depois, aprende como diferenciar quais são de sol pleno ou de sombra. Assim como, dicas de como cuidar bem delas.

Continua após a publicidade..

Suculentas de Sombra, 6 espécies para ter em casa!

1 – Aloe cymbiformis:

Continua após a publicidade..

também conhecida como suculenta de folhas em forma de barco, é uma planta fascinante que encanta os amantes de suculentas em todo o mundo.

Além de sua aparência encantadora, a Aloe cymbiformis também possui propriedades medicinais.

O gel presente em suas folhas é conhecido por suas propriedades hidratantes e cicatrizantes, sendo utilizado no tratamento de queimaduras e feridas.

Para cultivar a Aloe cymbiformis, é importante proporcionar a ela um solo bem drenado e uma exposição ao sol.

Essa suculenta é resistente à seca e não requer muita água, sendo ideal para jardins de baixa manutenção.

2 – Suculenta Arbusto-elefante:

Originária das Ilhas Canárias, a Arbusto-elefante é uma planta resistente e adaptável, capaz de sobreviver em diferentes condições climáticas.

Suas folhas verdes e brilhantes formam uma roseta no topo de um caule lenhoso, que pode atingir até 1 metro de altura.

Uma das características mais marcantes da Arbusto-elefante é a sua capacidade de mudar de cor.

Durante os meses mais quentes do ano, suas folhas podem adquirir tons avermelhados ou roxos, adicionando um toque de cor ao seu jardim.

Além de sua beleza estética, a Arbusto-elefante é uma planta de baixa manutenção. Ela não requer regas frequentes e pode tolerar longos períodos de seca.

No entanto, é importante fornecer um solo bem drenado para evitar o apodrecimento das raízes.

3 – Suculenta Babosa:

A babosa, também conhecida como aloe vera, é uma suculenta popular e versátil que tem sido usada há séculos por suas propriedades medicinais e cosméticas.

Nativa do norte da África, a babosa é uma planta de fácil cultivo e pode ser encontrada em muitos lares e jardins ao redor do mundo.

Uma das características mais marcantes da babosa são suas folhas carnudas e cheias de gel.

Esse gel é rico em nutrientes, como vitaminas, minerais e antioxidantes, que trazem diversos benefícios para a saúde.

Para cultivar a babosa em casa, você precisará de um solo bem drenado e regar a planta apenas quando o solo estiver seco.

A babosa também gosta de luz solar direta, então certifique-se de colocá-la em um local ensolarado.

4 – Suculenta Barba-de-Moisés:

Originária das regiões tropicais da América do Sul, essa suculenta é conhecida por sua capacidade de crescer em árvores, rochas e até mesmo em fios de eletricidade, sem precisar de solo para sobreviver.

Uma das características mais interessantes dessa suculenta é a sua capacidade de absorver água e nutrientes diretamente do ar.

Isso a torna uma planta de baixa manutenção, ideal para quem não tem muito tempo para cuidar de plantas.

Além de sua beleza única, a Barba-de-Moisés também traz benefícios para o ambiente. Ela é capaz de filtrar o ar, removendo substâncias tóxicas e melhorando a qualidade do ar que respiramos.

Para cultivar a Barba-de-Moisés, é importante fornecer-lhe um ambiente com boa circulação de ar e umidade.

Ela pode ser pendurada em árvores ou colocada em suportes de madeira ou metal. Regas regulares são necessárias, mas é importante não encharcar a planta, pois o acúmulo de água pode levar ao apodrecimento das raízes.

5 – Suculenta Begônia-cerosa:

Imagem com assinatura, Cristina Braga.

É uma suculenta exuberante e encantadora, conhecida por suas flores vibrantes e folhagem brilhante.

Originária das regiões tropicais da América do Sul, essa planta é uma ótima opção para quem deseja adicionar cor e vida aos ambientes internos.

Essa suculenta possui folhas carnudas e cerosas, que retêm água e ajudam a planta a sobreviver em condições de seca.

Suas flores podem ser encontradas em diversas cores, como vermelho, rosa, laranja e branco, e são um verdadeiro espetáculo para os olhos.

Para cuidar da Begônia-cerosa, é importante fornecer a ela um ambiente com bastante luz indireta e temperatura amena.

Regue a planta regularmente, mantendo o solo úmido, mas evitando o encharcamento. Adube a suculenta a cada dois meses, utilizando um fertilizante balanceado.

6 – Suculenta Dedo-de-moça:

Essa suculenta é conhecida por sua capacidade de armazenar água em suas folhas, o que a torna resistente à seca e ideal para pessoas que não têm tanto tempo para cuidar das plantas.

Além disso, suas folhas pendentes conferem um charme especial a qualquer ambiente, seja em vasos suspensos ou em prateleiras.

Para cultivar a suculenta Dedo-de-moça, é importante proporcionar um solo bem drenado e regas moderadas, evitando o acúmulo de água nas raízes.

Ela também prefere ambientes com boa luminosidade, mas sem exposição direta ao sol intenso.

Essa suculenta é bastante versátil e pode ser utilizada tanto em jardins quanto em ambientes internos.

Além disso, ela se reproduz facilmente por meio de folhas ou estacas, o que a torna uma ótima opção para quem deseja expandir sua coleção de suculentas.

Como saber se a suculenta é de sol ou sombra

Observação das folhas

Uma das maneiras mais simples de identificar se uma suculenta é de sol ou sombra é observar as suas folhas.

As suculentas de sol geralmente têm folhas mais espessas e carnudas, com uma coloração mais intensa. Já as suculentas de sombra têm folhas mais finas e delicadas, com uma coloração mais clara.

Crescimento vertical ou horizontal

Outra dica importante é observar o crescimento da suculenta. As suculentas de sol tendem a crescer de forma vertical, buscando a luz solar.

Já as suculentas de sombra tendem a crescer de forma mais horizontal, procurando se proteger do sol intenso.

Reação à luz solar direta

Uma forma prática de descobrir se a sua suculenta é de sol ou sombra é observar como ela reage à luz solar direta.

Coloque a suculenta em um local ensolarado por algumas horas e observe se as folhas começam a ficar queimadas ou descoloridas. Se isso acontecer, é sinal de que a suculenta prefere sombra.

Como cuidar das suculentas de sombra

As suculentas são plantas incríveis que se adaptam a diferentes condições de crescimento.

Embora a maioria das suculentas seja conhecida por preferir luz solar direta, existem algumas variedades que se dão melhor em ambientes de sombra.

Se você tem suculentas de sombra em casa ou está pensando em cultivá-las, aqui estão algumas dicas importantes para cuidar dessas plantas de forma adequada.

Regue com moderação

As suculentas de sombra têm uma taxa de crescimento mais lenta e, portanto, precisam de menos água do que as suculentas que recebem luz solar direta.

Regue as suculentas de sombra com moderação, permitindo que o solo seque completamente antes de regar novamente.

Certifique-se de que o vaso tenha um bom sistema de drenagem para evitar o acúmulo de água, o que pode causar o apodrecimento das raízes.

Fornecer iluminação indireta

Embora as suculentas de sombra não precisem de luz solar direta, elas ainda precisam de alguma forma de iluminação.

Certifique-se de colocar suas suculentas em um local onde elas recebam iluminação indireta, como próximo a uma janela com cortinas finas ou em um ambiente bem iluminado.

Evite colocá-las em locais com pouca iluminação, como cantos escuros ou longe de qualquer fonte de luz natural.

Use um solo bem drenado

Assim como todas as suculentas, as suculentas de sombra precisam de um solo bem drenado para evitar o apodrecimento das raízes.

Use um substrato específico para suculentas ou cactos, que seja leve e permita a drenagem adequada da água.

Evite solos pesados ou argilosos, que retêm água por mais tempo e podem levar ao apodrecimento das raízes.

Atenção com a adubação da suculenta! Para isso, preparei um artigo bem especial que responde a pergunta: É preciso adubar a suculenta?

Proteja-as do frio

Algumas suculentas de sombra são mais sensíveis ao frio do que outras. Se você vive em uma região com invernos rigorosos, é importante proteger suas suculentas de sombra durante os meses mais frios.

Mantenha-as em ambientes internos bem aquecidos ou cubra-as com um pano ou plástico para protegê-las das baixas temperaturas.

Ao seguir essas dicas simples, você poderá cuidar das suas suculentas de sombra de forma eficaz e garantir que elas continuem saudáveis e bonitas.

Lembre-se de observar suas plantas de perto e ajustar os cuidados conforme necessário. Com o devido cuidado, suas suculentas de sombra irão prosperar e trazer beleza para o seu ambiente interno.

2 thoughts on “Suculentas de Sombra, 6 espécies para ter em casa!”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Este site faz uso de cookies para melhorar a sua experiência de navegação e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos sites, você concorda com tal monitoramento.